Entre o calor da madeira, de um café... e da amizade

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

A vida vai corrida, dedicada para além de tudo o resto a 2 projectos que me estão a ocupar bastante. Por isso o blog tem andando mais lento e paradito, mas tenho algumas coisinhas coisas para partilhar. :)

Já lhe chamaram o Starbucks à portuguesa, e com a avalanche de turismo na Baixa pensei que estivesse já muito descaracterizado... que agradável surpresa tive num recente Domingo de chuva quando com uma amiga queríamos um sítio acolhedor para pôr a conversa em dia.

A recente moda das cafetarias cofeeshop gourmet lab traz modernidade, e entre Copenhaga e NYC, sentimo-nos ali cidadãos do mundo. Mas há coisas que já cá estavam antes e eram boas.

Brown's Coffee, na Rua da Vitória. Nem sempre temos de ir à ultima das aberturas e recomendações bloggerianas, por vezes há que voltar aos tais sítios onde já fomos felizes, não é? :)


Google images

Não demasiado cheio, com muitas opções de cafetaria e refeições quentes ligeiras, sem preços para turista pagar... música ambiente de smooth jazz muito agradável, um ambiente perfeito para relaxar e deixar as horas passarem.

Tem todo o potencial para ser franchisado, mas quando pensamos bem... estas coisas perdem a sua graça quando podemos ir ali ao do virar da esquina. Naaa, deixem assim. ;)



Skyr vs grego: the ultimate battle

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Eu ainda sou do tempo... sim, sou do tempo de ir comprar um iogurte Vigor de cada sabor, estão a ver, aqueles quadraditos, um de banana, um de morango e um natural, e já gozava!

Hoje em dia na busca de uma alimentação mais saudável, acabamos por ter ao nosso dispôr tantas opções que seguir recomendações e tendências complica o esquema.

Um caso recente que me tenho divertido a acompanhar é agora o do iogurte islandês Skyr.

Até há 2 meses atrás, o negrume: ninguém sabia o que era isto. Continuávamos felizes e contentes com o grego, tão cremoso, e mais ainda com o do Lidl, ligeirinho e recomendado até por nutricionistas.

E íamos também saciando a gula e a fome com gelatinas de iogurte, invenção recente que ajuda a diversificar as opções de pequenos lanches ao longo do dia.

E de repente... a Islândia apresenta o SEU iogurte. Sempre esgotado no Lidl, está lá o sitio e a etiqueta do preço mas vê-los, impossível, os desportistas da proteína devem açambarcar as reposições na prateleira... :)

Dizem que é mais solido que o grego, com muito mais proteína e muito menos gordura, mesmo comparando com o ligeiro.


Aqui podem ver a consistência do skyr, há de sabor natural e com frutos vermelhos:



Já provaram? O que dizem?

Só digo que lá vai a velhota dos gregos entrar em problemas... :) :)



Vida simples

Dos bálticos... com amor

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Há muito tempo que andava para lá ir.
Depois dos supermercados asiáticos, faltava-me este.
Recomendado por uma senhora amiga, dizia-me: "Tu vais gostar, és de experimentar, há lá coisas muito boas!". 
Mas a vida não me arranjava um tempinho... até que ano novo, vida nova. :)

Lá fui então a um supermercado miniMix, há muitos por esse país fora, onde comercializam produtos dos países bálticos, Polónia, Roménia e Balcãs.

É sempre bom abrir o paladar, conhecer outras coisas, sabores, cheiros, e estas lojas que trazem o mundo até nós servem para isso mesmo.

E oh se valeu a pena! Passe a publicidade, que não me pagam para isso, descobri só na primeira viagem o melhor pão escuro que já comi até hoje, sem ser ácido, uma compota de groselhas no ponto, e kefir super baratinho.

Têm imensas sementes, especiarias, trigo sarraceno torrado com óptima pinta, rebuçados a peso para os mais gulosos... o completo saudosismo báltico em terras lusas.

Fez-me lembrar muito a Delicias de Portugal junto a Victoria Station, com o seu Sumol, bacalhau e Sagres...

Saudades de casa? Sabemos bem o que isso é, nós os tugas, não é? :)

Google images

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS